a natureza e o tempo

HISTÓRIA DA CULTURA: PAISAGEM, ARTES E PAISAGISMO

 

 

Descrição: É um estudo (que teve início na década de 1980 e desde 2011 na FAU USP) das heranças, sensibilidades e ideários na apreciação e transformação das paisagens, das formas de sua representação e conceituação e na constituição de um campo de atuação profissional designado como paisagismo ou arquitetura da paisagem. Indaga-se sobre a construção histórica da noção moderna de paisagem e natureza e da noção contemporânea de natureza e ambiente, em uma perspectiva crítica dos nexos culturais no processo de sua produção. Pretende-se seu desenvolvimento a partir de abordagens integrativas de diferentes séries documentais (narrativas, memórias, relatórios, artes plásticas, música, cinema, e outras fontes) e da construção do espaço (arquitetura, urbanismo e urbanização, paisagismo) no contexto social, cultural e histórico em que se engendram. Coloca-se em indagação as visões de mundo e significados, bem como os esforços interpretativos, que os diversos sujeitos e projetos mobilizam no âmbito do imaginário e da cultura e nos processos de produção social das paisagens, suas formas de subjetivação, apropriação, valoração e gestão.

sobre o sítio

O sítio “A NATUREZA E O TEMPO (O MUNDO)” foi um trabalho iniciado em 2016, no âmbito de uma persistente linha de indagações e estudos que pode ser definida como pesquisa em “HISTÓRIA DA CULTURA E DA PAISAGEM”, com maior atenção às chamadas eras Moderna e Contemporânea, e com ênfase no Brasil, como em meu mestrado e doutorado, procurando sempre uma relação e imbricação histórica entre arte (lato senso), cultura, natureza, construção do espaço (paisagem). A Natureza e o Tempo (o Mundo) é um espaço de pensamento e elaboração sobre as pesquisas em curso nessa linha acima mencionada. É assim mais do que um espaço de extroversão e de apoio ao ensino, o que também é, mas configura-se como um espaço experimental. Os estudos de história da cultura tomam como objetos de ponderação a natureza e a construção do espaço habitado (considerando as relações entre as artes, a cultura, as paisagens, o comportamento). Os ensaios inserem-se em uma perspectiva de longa duração convergindo na reflexão sobre nossa condição contemporânea. São ênfases das pesquisas que alimentam este sítio o pensar e sensibilizar próprio da arte em suas diversas linguagens e contradições; a cultura em seu sentido antropológico; a construção contraditória e significativa do espaço vivido em que se inserem e, portanto, das transformações comportamentais e valorativas implicadas, observando-as como representações de mundo e poéticas. Considera-se de grande importância pensar as articulações entre campos do saber e do fazer, em especial arte, arquitetura, paisagismo, urbanismo e da cultura cotidiana. Procura-se situá-los em seu ambiente espacial e cultural, observando-os como campos sensíveis e da experiência e como projetos culturais diversos que em suas narrativas acasalam representações e poéticas em uma longa construção.

http://anaturezaeotempo.net.br/

o ambiente está sendo movido para https://poeticasdapaisagem.wordpress.com/

neste blog, veja ainda (esses conteúdos também são acessíveis pelo menu lateral):

 

 


 

Anúncios